A palavra HOMEOPATIA é oriunda da palavra grega HOMOISPATHOS, sendo que homóis significa "semelhante" e pathos "sofrimento".  É uma terapêutica baseada na cura pelos semelhantes, isto quer dizer que uma mesma substância capaz de produzir determinado sintoma em um indivíduo são teria a capacidade de curar este mesmo sintoma em uma pessoa doente, quando dada em doses mínimas infinitesimais.

A Homeopatia é um ramo da Medicina que reconhece a condição da grandeza do ser humano como um processo de equilíbrio entre as funções fisiológicas, psíquicas e o meio ambiente.

A Homeopatia trabalha com a possibilidade de tratar o doente com medicamentos que estimulam as defesas do organismo, reforçando sua imunidade e promovendo um equilíbrio mais adequado aos processos fisiológicos e psíquicos do ser humano.

 

O QUE É MEDICAMENTO HOMEOPÁTICO?

Os medicamentos homeopáticos são preparados a partir de substâncias extraídas da natureza, provenientes dos reinos mineral, vegetal ou animal.

Para que a substância da natureza seja usada como medicamento homeopático, é necessário prévio conhecimento de sua potencialidade curativa, através da experimentação no homem são. Tais substancias podem ser tanto toxicas quando inertes ,desde de que, quando experimentados ofereçam a melhor similitude aos sintomas da doença a ser tratada. As preparações básicas dessas substancias recebem o nome de tintura – mãe . A partir delas não iniciada no processos das diluições sucessivas. No inicio de suas experiência , Hehnemann começou a diluindo os medicamentos e verificou  que, quanto mais diluía, minimizavam-se as reações indesejáveis. Percebeu também que, ao fazer diluições sucessivas das substâncias e agitá-las diversas vezes, obtinha sempre melhores resultados. Foi assim que ele chegou às doses mínimas. Desta maneira, a toxicidade das substâncias é atenuada e o potencial curativo é aumentado.

Ao processo de diluição seguido de agitação, damos o nome de dinamização (dynamis- vem do grego e significa força). Através da dinamização, consegue-se despertar na substância a capacidade de agir sobre a força vital do organismo vivo.

 

COMO AGE O MEDICAMENTO?

A ação assemelha-se a uma doença artificial semelhante à do paciente, introduzida propositalmente no organismo.

Esta doença artificial provoca uma reação da força vital em direção oposta, induzindo o organismo a reagir, restabelecendo a saúde (homeostase).

É administrado não somente no intuito de curar um sintoma orgânico, mas restabelecer o equilíbrio vital do ser.

indicação e o uso dependem de uma análise profunda da totalidade dos sintomas do paciente.

FUNÇÃO DA FARMÁCIA HOMEOPÁTICA:

Preparar com o máximo rigor técnico os medicamentos prescritos.

Orientar o cliente quanto ao uso correto do medicamento (posologia, conservação, manuseio, etc..)

Saber fornecer informações corretas acerca do medicamento, tanto para o cliente como para quem o prescreveu.

Os medicamentos são elaborados seguindo técnicas especiais e necessitam de profissionais criteriosos para desenvolvê-los, afim de que se garanta o êxito do tratamento. Há, assim, uma fundamental importância na tríade médico-paciente- farmacêutico.